Sentindo dor em dente com canal?

Os pacientes geralmente sentem dor no canal radicular. Para quem não sabe, o tratamento do canal radicular é um processo que remove a polpa do dente, limpa o espaço e preenche a área com um material específico. Quando a polpa é danificada por cárie profunda ou algum tipo de trauma, o tratamento é necessário. Nestes casos, a polpa infecciona e o canal radicular é a melhor solução para salvar os dentes do paciente.

Quando um tratamento de canal é necessário?

Quando a polpa é danificada devido à cárie profunda, trauma ou fratura dentária, é necessário tratamento de canal. Nesses casos, o tecido pode infeccionar ou morrer. Se não for tratada, a raiz do dente pode formar um abscesso, destruindo o osso ao redor do dente e causando muita dor ao paciente.

Além disso, se o tratamento do canal radicular não for realizado, os pacientes enfrentarão riscos mais graves de abscessos e cistos intraósseos, edema e reabsorção óssea. Outra consequência é que a infecção pode entrar na corrente sanguínea e atingir outros órgãos do corpo.

Quando a doença progride muito e o tratamento do canal radicular não chega, a única solução é extrair o dente. Claro, existem opções de tratamento para a perda de dentes, mas o trabalho da odontologia é manter os dentes naturais do paciente. Somente quando não houver outra escolha, a extração deve ser usada como último recurso.

Quando ocorre dor em dente com canal?

O tratamento do canal radicular é um processo delicado, por isso é comum os pacientes sentirem dor após a cirurgia. É claro que isso não acontece em todos os casos, mas quando há risco, o dentista prescreve os medicamentos necessários para aliviar o desconforto. A dor após a cirurgia é mais comum em pacientes com infecções graves. Nesses casos, o desconforto ocorre quando as pessoas comem comida quente ou fria porque a área ainda é sensível. No entanto, esse desconforto deve desaparecer em alguns dias.

Há outras fatores que contribuem com o quadro de dores pós-tratamento. Veja quais são eles:

A infecção atinge o tecido periodontal e ósseo e é responsável pela sustentação dos dentes;

O dente apresenta fraturas ou fissuras não detectadas pelo dentista antes do tratamento.

Nestes casos, o dano é quase imperceptível: é invisível nas inspeções normais, necessárias inspeções mais complexas;

O tubo secundário, ou seja, o dente tem uma estrutura anatômica diferente, o dentista não consegue ver o tubo e fecha o dente sem tratar a peça;

O instrumento se rompe no canal – isso é raro, mas pode acontecer;

Em um acidente, o material de selamento ultrapassará a extremidade do canal radicular e atingirá o tecido periodontal. Nestes casos, a dor desaparece dentro de uma semana;

Má restauração, porque quando isso acontece, o paciente morde de forma incorreta, causando sobrecarga na estrutura dentária.

O que fazer quando sentir dor depois do tratamento de canal?

Se a dor no canal radicular e nos dentes não desaparecer após a medicação, o paciente deve consultar um dentista. Em seguida, o profissional investigará a causa e tomará as providências necessárias para solucionar o problema. Dependendo da situação, o tratamento deve ser realizado novamente.

Black woman needs a visit to the dentist

No entanto, quando isso é necessário, a taxa de sucesso é baixa. Isso ocorre porque a cirurgia mudará naturalmente os dentes, e a cicatrização após a segunda cirurgia pode ser mais difícil. Portanto, mesmo que o paciente sinta dor após o tratamento do canal radicular, é importante aguardar um período de tempo para ver se os sintomas realmente não desaparecem.

Vale ressaltar que o tratamento do canal radicular é muito complicado e exige que o dentista seja especialista em endodontia. Portanto, ao procurar profissionais para cuidar da sua saúde bucal, por favor, entenda sua especialidade.

Quais cuidados devem ser tomados para a manutenção do canal?

Muitos pacientes pensam não haver necessidade de cuidar dos dentes após o tratamento do canal radicular, porque não há risco de cárie dentária após o tratamento do canal radicular. Bem, isso é verdade, porque os nervos dos dentes foram removidos. No entanto, a higiene oral deve ser mantida.

Após o tratamento, é necessário tomar algumas medidas preventivas, incluindo evitar dores e desconfortos. Sempre escove os dentes após as refeições, mesmo que sinta alguma dor.

Além disso, os pacientes devem evitar mastigar onde o canal radicular está sendo tratado, para poderem se recuperar mais rapidamente e evitar a dor. Evite alimentos duros e pegajosos imediatamente após a cirurgia.

Os pacientes ainda devem evitar alimentos muito quentes ou frios. Períodos de descanso também devem ser seguidos, portanto, se seu dentista aconselhar você a se afastar do trabalho e de fazer algumas atividades no dia do tratamento, siga as instruções do dentista. Após o período de reabilitação, o paciente pode retomar a dieta normal, mas a saúde bucal não deve ser negligenciada. É importante evitar morder objetos duros e abrir a tampa com a boca, pois isso danificará não apenas o canal radicular, mas também os dentes saudáveis.

Como você pode ver, há muitos motivos para a dor de dente no canal radicular, incluindo a falha do paciente em seguir as instruções do dentista para cuidados pós-tratamento. Nestes casos, dor, inchaço e até hematomas na área cirúrgica são exemplos de possíveis reações.

1 comentário
  1. […] é bem conhecido. Uma simples falha no processo de tratamento endodôntico causa o problema: é a eliminação incompleta do tecido inflamado e necrótico, principalmente da camada interna do dente que está em […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.