Dor nas costas – as causas mais comuns

De acordo com o Instituto Nacional de Desordens Neurológicas e Derrame (NINDS), a dor nas costas é a causa mais comum de incapacidade relacionada ao trabalho. 

Pelo menos 80% dos americanos sentirão dor nas costas durante a vida.

A maior parte da dor nas costas é o resultado de uma lesão, como entorses ou distensões musculares devido a movimentos repentinos, ou mecânica corporal inadequada ao levantar objetos pesados.

Causas comuns de dor nas costas
Causas comuns de dor nas costas

A dor nas costas também pode ser resultado de certas doenças, como:

  • Câncer da medula espinhal
  • um disco rompido ou hérnia
  • ciática
  • artrite
  • infecções renais
  • infecções da coluna

A dor aguda nas costas pode durar de alguns dias a algumas semanas, enquanto a dor crônica nas costas dura mais de três meses.

A dor nas costas é mais provável de ocorrer em indivíduos com idade entre 30 e 50 anos. Isso se deve em parte às mudanças que ocorrem no corpo com o envelhecimento. Conforme você envelhece, há uma redução no conteúdo de fluido entre as vértebras da coluna vertebral.

Isso significa que os discos da coluna sofrem irritação com mais facilidade. Você também perde um pouco do tônus ​​muscular, o que torna as costas mais propensas a lesões.

É por isso que fortalecer os músculos das costas e usar uma boa mecânica corporal são úteis na prevenção da dor lombar.

Causas comuns de dor nas costas
imagem de divulgação

Quais são as causas da dor nas costas?

As causas das dores podem variar muito, as mais comuns são:

Deformação

Os músculos e ligamentos nas costas podem esticar ou romper devido ao excesso de atividade. Os sintomas incluem dor e rigidez na parte inferior das costas, bem como espasmos musculares. O repouso e a fisioterapia são remédios para esses sintomas.

Lesão de disco

Os discos nas costas estão sujeitos a lesões. Esse risco aumenta com a idade. A parte externa do disco pode rasgar ou herniar.

Uma hérnia de disco, também conhecida como disco rompido ou deslizado, ocorre quando a cartilagem ao redor do disco empurra a medula espinhal ou as raízes nervosas. A almofada que fica entre as vértebras espinhais se estende para fora de sua posição normal.

Isso pode resultar na compressão da raiz nervosa à medida que sai da medula espinhal e através dos ossos vertebrais. A lesão do disco geralmente ocorre repentinamente após levantar algo ou torcer as costas. Ao contrário de uma distensão nas costas, a dor de uma lesão no disco geralmente dura mais de 72 horas.

Ciática

A ciática pode ocorrer com uma hérnia de disco se o disco pressionar o nervo ciático. O nervo ciático conecta a coluna às pernas. Como resultado, a ciática pode causar dor nas pernas e nos pés. Essa dor geralmente é parecida com queimação ou alfinetes e agulhas.

Estenose espinal

A estenose espinhal ocorre quando a coluna vertebral se estreita, pressionando a medula espinhal e os nervos espinhais.

Causas comuns de dor nas costas
imagem de divulgação

A estenose espinhal é mais comumente devido à degeneração dos discos entre as vértebras. O resultado é a compressão das raízes nervosas ou da medula espinhal por esporões ósseos ou tecidos moles, como os discos.

A pressão sobre os nervos espinhais causa sintomas como:

  • dormência
  • cólicas
  • fraqueza

Você pode sentir esses sintomas em qualquer parte do corpo. Muitas pessoas com estenose espinhal notam que seus sintomas pioram quando ficam em pé ou caminham.

Curvaturas anormais da coluna

Escoliose , cifose e lordose são condições que causam curvaturas anormais na coluna vertebral.

Estas são doenças congênitas que geralmente são diagnosticadas pela primeira vez durante a infância ou adolescência. A curvatura anormal causa dor e má postura porque coloca pressão sobre:

  • músculos
  • tendões
  • ligamentos
  • vértebras

Outras condições

Existem várias outras condições que causam dores na parte inferior das costas. Essas condições incluem:

  • A artrite é uma inflamação das articulações.
  • A fibromialgia é dor prolongada e sensibilidade nas articulações, músculos e tendões.
  • A espondilite é a inflamação das articulações entre os ossos da coluna vertebral.
  • A espondilose é uma doença degenerativa que pode causar perda da estrutura e função normais da coluna vertebral. Embora o envelhecimento seja a principal causa da doença, a localização e a taxa de degeneração são específicas do indivíduo.

Condições adicionais de saúde que podem causar dor lombar incluem:

Problemas de rim e bexiga

  • Gravidez
  • endometriose
  • cistos ovarianos
  • miomas uterinos
  • Câncer

Como a causa da dor nas costas é diagnosticada?

Seu médico provavelmente começará solicitando um histórico médico completo e conduzindo um exame físico completo para determinar onde você está sentindo a dor. Um exame físico também pode determinar se a dor está afetando sua amplitude de movimento.

Seu médico também pode verificar seus reflexos e suas respostas a certas sensações. Isso determina se a dor lombar está afetando seus nervos.

A menos que você tenha sintomas preocupantes ou debilitantes ou perda neurológica, seu médico provavelmente monitorará sua condição por algumas semanas antes de enviá-lo para o teste. Isso ocorre porque a maioria das dores lombares se resolve com tratamentos simples de autocuidado.

Causas comuns de dor nas costas
imagem de divulgação

Certos sintomas requerem mais testes, incluindo:

  • Falta de controle do intestino
  • fraqueza
  • febre
  • perda de peso

Da mesma forma, se a dor lombar persistir após o tratamento em casa, seu médico pode solicitar exames adicionais.

Procure atendimento médico imediatamente se sentir algum desses sintomas além de dor lombar.

Podem ser necessários exames de imagem, como raios-X, tomografias computadorizadas, ultrassonografias e ressonâncias magnéticas para que seu médico possa verificar:

  • problemas ósseos
  • problemas de disco
  • problemas com os ligamentos e tendões em suas costas

Se o seu médico suspeitar de um problema de resistência dos ossos nas costas, ele pode solicitar uma cintilografia óssea ou um teste de densidade óssea. Eletromiografia (EMG) ou testes de condução nervosa podem ajudar a identificar quaisquer problemas com seus nervos.

Quais são as opções de tratamento para a dor lombar?

Atendimento domiciliar

Os métodos de autocuidado são úteis nas primeiras 72 horas após o início da dor. Se a dor não melhorar após 72 horas de tratamento em casa, você deve chamar seu médico.

Pare suas atividades físicas normais por alguns dias e aplique gelo na parte inferior das costas. Os médicos geralmente recomendam o uso de gelo nas primeiras 48 a 72 horas e, em seguida, a troca para aquecimento.

Alterne gelo e calor para relaxar os músculos. O protocolo RICE – repouso, gelo, compressão e elevação – é recomendado nas primeiras 48 horas.

Às vezes, deitar de costas causa mais desconforto. Nesse caso, tente deitar-se de lado com os joelhos dobrados e um travesseiro entre as pernas. Se você puder deitar-se confortavelmente de costas, coloque um travesseiro ou toalha enrolada sob as coxas para reduzir a pressão na região lombar.

Um banho quente ou uma massagem geralmente podem relaxar os músculos tensos e nodosos das costas.

Tratamento médico

A dor lombar pode ocorrer com uma série de condições diferentes, incluindo:

  • Tensão muscular e fraqueza
  • nervos comprimidos
  • desalinhamento da medula espinhal

Existem vários tratamentos médicos possíveis, incluindo:

  • medicamentos
  • aparelhos médicos
  • fisioterapia

Seu médico determinará a dosagem apropriada e a aplicação de drogas e medicamentos com base em seus sintomas.

Alguns medicamentos que seu médico pode prescrever incluem:

  • Relaxantes musculares
  • antiinflamatórios não esteróides (AINEs)
  • narcóticos, como codeína, para o alívio da dor
  • esteróides para reduzir a inflamação
  • injeções de corticosteroide

Seu médico também pode prescrever fisioterapia, incluindo:

  • massagem
  • alongamento
  • exercícios de fortalecimento
  • manipulação de costas e coluna

Cirurgia

Para casos graves, a cirurgia pode ser necessária. A cirurgia geralmente é apenas uma opção quando todos os outros tratamentos falham. No entanto, se houver perda do controle do intestino ou da bexiga, ou uma perda neurológica progressiva, a cirurgia se torna uma opção de emergência.

A discectomia alivia a pressão de uma raiz nervosa pressionada por um disco protuberante ou esporão ósseo. O cirurgião removerá um pequeno pedaço da lâmina, uma parte óssea do canal vertebral.

A foraminotomia é um procedimento cirúrgico que abre o forame, o orifício ósseo no canal espinhal onde sai a raiz do nervo.

Causas comuns de dor nas costas
imagem de divulgação

A terapia eletrotérmica intradiscal (IDET) envolve inserir uma agulha através de um cateter no disco e aquecê-lo por 20 minutos. Isso torna a parede do disco mais espessa e diminui a protuberância do disco interno e a irritação do nervo.

A nucleoplastia usa um dispositivo semelhante a uma varinha inserido por meio de uma agulha no disco. Ele pode então remover o material do disco interno. O dispositivo então usa ondas de rádio para aquecer e encolher o tecido.

Lesão ou ablação por radiofrequência é uma forma de usar ondas de rádio para interromper a maneira como os nervos se comunicam. Um cirurgião insere uma agulha especial nos nervos e a aquece, o que destrói os nervos.

A fusão espinhal torna a coluna mais forte e reduz os movimentos dolorosos. O procedimento remove os discos entre duas ou mais vértebras. O cirurgião então funde as vértebras próximas uma da outra com enxertos ósseos, ou parafusos de metal especiais.

A laminectomia espinhal, também conhecida como descompressão espinhal, remove a lâmina para aumentar o tamanho do canal espinhal. Isso alivia a pressão na medula espinhal e nos nervos.

Como posso prevenir a dor lombar?

Existem muitas maneiras de prevenir a dor lombar. Praticar técnicas de prevenção também pode ajudar a diminuir a gravidade dos sintomas, se você tiver uma lesão na parte inferior das costas.

A prevenção envolve:

  • exercitar os músculos do abdômen e das costas
  • perder peso se você estiver acima do peso
  • levantar itens adequadamente, dobrando os joelhos e levantando com as pernas
  • mantendo a postura adequada

Você também pode querer:

  • Dormir em uma superfície firme
  • sente-se em cadeiras de apoio que estejam na altura correta
  • evite sapatos de salto alto
  • pare de fumar se você fuma

A nicotina causa degeneração dos discos espinhais e também reduz o fluxo sanguíneo.

Converse com seu médico sobre sua dor lombar. Eles podem diagnosticar a causa e ajudá-lo a criar um plano de tratamento que funcione melhor para você.

Obrigado por ler até aqui, para ver mais conteúdos continue acompanhando o tagfit.

1 comentário
  1. […] auxiliar você na busca pela saúde e equilíbrio, preparamos um guia com os benefícios, cuidados e preços de variados tratamentos […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.