Criança escovando os dentes

Dicas de saúde para escovação dos dentes na infância

Um dos desafios dos pais na educação dos filhos está na escovação dos dentes durante as diversas fases da criança, que precisam compreender que a saúde bucal é muito importante, tanto quanto tomar banho. O que inclusive ajuda a evitar problemas futuros para a criança. 

dicas para criança escovar os dentes
Criança escovando os dentes

Veja nesta matéria algumas dicas que podem lhe auxiliar com os pequenos, métodos que tornam mais fácil compreender e ajudar, com passo a passo da escovação e qual tipo de escova ideal, além de como proceder antes da dentição, com os dentes de leite e os permanentes.

Como deve ser a escovação dental dos 0 aos 3 anos de idade?

O natural é que dos 0 aos 6 meses de idade a criança ainda não tenha dentição, mas nem por isso deve deixar de tomar os primeiros cuidados com a sua higienização bucal. A noite é o melhor horário para efetuar a limpeza da gengiva do bebê, com pano limpo, macio e úmido para retirar sujeiras suavemente. 

Por volta do sexto mês os primeiros dentes começam a nascer, então é a hora de comprar a primeira escova. Atenção para a maciez das cédulas e o uso do creme dental mais apropriado, para não machucar ou passar a ideia que o ato da escovação é ruim. Lembre-se que nessa fase a gengiva coça muito e pode estar dolorida devido algum dente novo que surge, seja paciente.

Importante verificar na criança que chora para não escovar os dentes se o problema é simplesmente por pirraça ou birra, ou se não está relacionado com alguma sensação incômoda e dolorosa que a criança sente durante a escovação.

Paciência e persistência são as melhores indicações para os pais, até para diminuírem o atrito com o filho que rejeita a escovação. É indicado que transforme o ato em algo divertido, como brincar de dentista, cantarolar músicas infantis que falam de escovar os dentes, explicar que existem os bichinhos malvados que se escondem nas brechas e que só a boa escovação pode acabar com eles.

 

O uso do fio dental é aconselhado a ser ensinado a partir do momento que a dentição esteja completa, em torno dos 2 para os 3 anos de idade, com a explicação que funciona para chegar onde a escova não consegue e retirar os alimentos presos que servem de esconderijo para os monstrinhos da boca. 

Como fazer a criança se identificar com a escovação dos dentes?

O primeiro passo para a criança criar afinidade com a escovação é ver o exemplo dos pais, por isso escove os dentes junto com seu filho, mostre como realizar os movimentos circulares e até a escovação da língua, se já estiver na idade até use o fio dental.

A própria escova do seu filho ajuda a tornar a escovação mais eficiente, com algumas devidamente para a idade específica, que trazem desenho ou formas de personagens infantis. Necessário que além da forma divertida, seja também confortável, não machucando a gengiva. 

Explique ao seu filho que para a escovação movimentos circulares devem ser feitos nos dentes frontais, onde a ponta da escova realiza suavemente a limpeza da gengiva, nos molares o movimento deve ser de vai e vem (que pode brincar ao dizer que é um trenzinho) e para a parte de trás dos dentes devem ser limpos num movimento que lembra o de uma vassourinha.   

O momento da escovação para a criança não deve ser exposto como de obrigatoriedade, mas sim como algo divertido. Por isso, os próprios materiais utilizados são melhores aceitos quando agrada a criança, como escova com cédulas macias do personagem do desenho preferido e creme dental próprio para a idade sem ardor agressivo. 

 

Qual a importância da educação da escovação dental para as crianças?

Estabeleça a rotina de higiene bucal da criança para que se torne um hábito, e verá que em pouco tempo ficará automatizado, ao acordar, após as refeições e antes de ir dormir. É muito importante fazer uma higiene bucal adequada durante a infância para evitar problemas futuros que prejudiquem sua qualidade de vida. Além do surgimento de cáries, outras infecções podem prejudicar os dentes de leite e até permanentes. 

“A boa higiene associada ao acompanhamento profissional pode prevenir diversos problemas e tornar os tratamentos menos invasivos caso ocorra algo, por exemplo lesões de cárie, por diagnosticá-las logo no início”.

Essas e outras dicas de saúde para sua criança em nosso blog! Acesse e conheça mais!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.