Como se contrai a doença de chagas

A doença de Chagas (ou tripanossomíase americana) é uma infecção causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi.

Apresenta uma fase aguda (Doença de Chagas Aguda-DAC), que pode ser sintomática ou assintomática, e uma fase crônica, que pode se manifestar de forma indeterminada, cardíaca, digestiva ou digestiva cardíaca.

Quais são os sintomas da Doença de Chagas?

A doença de Chagas pode apresentar sintomas diferentes em duas fases, a saber, aguda e crônica.

Na fase aguda, os principais sintomas são:

Na fase aguda, é a mais branda, e a pessoa pode apresentar sinais de brandura ou até não senti-la.

  • febre prolongada (mais de 7 dias);
  • dor de cabeça;
  • fraqueza intensa;
  • inchaço no rosto e pernas.

Na fase crônica, a maioria dos casos não apresenta sintomas, porém algumas pessoas podem apresentar:

  • problemas cardíacos, como insuficiência cardíaca;
  • problemas digestivos, como megacolon e megaesôfago

Como a doença de chagas é transmitida?

As principais formas de transmissão da doença de chagas são:

Vetor infeccioso: contato com as fezes de uma salamandra infectada após ser mordida / refeição (uma salamandra é um inseto comumente referido como barbeiro, chupão, procotó ou bicudo).

Oral: ingestão de alimentos contaminados com parasitas de triimina infectada.

doenca de chagas
doenca de chagas

Vertical: ocorre quando mulheres infectadas com T. cruzi passam parasitas para seus bebês durante a gravidez ou o parto.

Transfusão de sangue ou transplante de órgãos de um doador infectado para um receptor saudável.

Acidente: Pele ou membrana mucosa lesada durante a operação do laboratório, ou manuseio do jogo entra em contato com materiais contaminados.

O período de incubação da doença de Chagas, o momento em que os sintomas começam a aparecer após a infecção, é dividido nas seguintes categorias:

  • Transmissão vetorial – de 4 a 15 dias.
  • Transmissão transfusional/transplante – de 30 a 40 dias ou mais.
  • Transmissão oral – de 3 a 22 dias.
  • Transmissão acidental – até, aproximadamente, 20 dias.

Como prevenir a Doença de Chagas?

A prevenção da doença de Chagas está intimamente relacionada à forma de transmissão.

Um dos métodos de controle é evitar que insetos “barbeiros” formem colônias na casa, por meio do uso de inseticidas residuais por uma equipe técnica qualificada.

Em áreas onde os insetos podem voar para dentro da casa através de aberturas ou fendas, use mosquiteiros ou telas de arame.

Recomenda-se o uso de medidas de proteção individual (repelente de insetos, roupas de manga comprida, etc.) durante as atividades noturnas (caça, pesca ou pernoite) em áreas florestais.

Quando o morador encontrar triatomíneos no domicílio:

Não aperte, aperte, bata ou danifique insetos;

Proteja as mãos com luvas ou sacos plásticos;

Os insetos devem ser acondicionados em recipientes plásticos com tampas de rosca para evitar a fuga, de preferência vivos;

As amostras coletadas em diferentes ambientes (quarto, sala, cozinha, acessório ou campo) devem ser armazenadas em frascos rotulados com as seguintes informações: data e nome do responsável pela coleta, local e endereço da coleta.

Em relação à transmissão oral, as principais medidas de prevenção são:

Em todas as etapas da cadeia produtiva de alimentos contaminados, fortalecer as ações de fiscalização e fiscalização sanitária, com atenção especial aos locais de manipulação dos alimentos.

Instale a fonte de luz longe de equipamentos de processamento de alimentos para evitar contaminação acidental por portadores de atração de luz.

Realizar atividades de treinamento para manipuladores de alimentos e profissionais de informação, educação e comunicação.

O resfriamento ou congelamento dos alimentos não impede a transmissão oral do Trypanosoma cruzi, mas o cozimento, a pasteurização e a liofilização acima de 45 ° C podem evitá-la.

chagas cuidado
chagas cuidado

Instituições de pesquisa investem em aplicativos gratuitos para identificar aminas triatômicas.

A Fiocruz-Minas Gerais desenvolveu um aplicativo gratuito para identificação de triatomíneos, o Triatokey, no qual os usuários podem esclarecer dúvidas sobre as características visíveis dos insetos a serem identificados.

Há um processo de eliminação, por meio do problema, estreitando a possibilidade, atingindo o gênero do animal e algumas espécies desse gênero, o que é muito útil nas atividades de vigilância.

Como diagnosticar a Doença de Chagas?

Na fase aguda da doença de Chagas, o diagnóstico é baseado em febre de longa duração (mais de 7 dias), outros sinais e sintomas sugestivos da doença, como fraqueza intensa e inchaço da face e pernas, e presença de quadro compatível. fatores epidemiológicos, como surtos (identificação entre familiares / contatos).

Na fase crônica, o diagnóstico é suspeitado com base em achados clínicos e história epidemiológica, mas é importante notar que alguns casos não apresentam sintomas, e os seguintes riscos e antecedentes de vulnerabilidade devem ser considerados:

Ter vivido ou vivido em área onde haja registro de vetor (cabeleireiro) ou animal reservatório (silvestre ou doméstico) transmissor da doença de Chagas e com registro de infecção por Trypanosoma cruzi;

Ter vivido ou vivido em casas que possam coexistir com a mídia (principalmente casas de estuque, taipa, palha, pau-a-pique, madeira e outros métodos de construção que permitem que os triatomíneos se assentem);

Residir ou ser originário de uma área com histórico de transmissão ativa do Trypanosoma cruzi, ou de uma área com história epidemiológica mostrando que a doença já se disseminou;

Recebeu sangue ou transfusão de sangue antes de 1992;

Ter um familiar com diagnóstico de doença de Chagas ou uma pessoa com relacionamento, ou rede social normal, especialmente filho de mãe com infecção confirmada pelo Trypanosoma cruzi.

Qual é o tratamento para Doença de Chagas?

O tratamento da doença de Chagas deve ser dirigido por um médico após o diagnóstico.

Este medicamento, denominado Bennidazol, é fornecido gratuitamente pelo Ministério da Saúde e deve ser utilizado em pessoas que, a pedido do departamento nacional de saúde, tenham doenças agudas.

adbebfaaadafeb mv
doenças de chagas

Para pessoas na fase crônica, as indicações desse medicamento dependem da forma clínica e devem ser avaliadas caso a caso.

Em caso de intolerância ou ausência de resposta ao tratamento com benzonidazol, o Ministério da Saúde utilizará o nifurolimo como alternativa de tratamento, conforme descrito no protocolo clínico e nas diretrizes de tratamento.

Independentemente das indicações para o tratamento com benznidazol ou nifurolimus, os pacientes com o coração e / ou sistema digestivo devem ser monitorados e o tratamento adequado para as complicações existentes deve ser recebido.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.