Benefícios da carne vermelha

Nos últimos 25 anos, milhões de pessoas, incluindo atletas de resistência, consideram que a dieta ideal deve ser baseada em carboidratos, com baixo teor de gordura e relativamente baixo teor de proteína.

Alguns se tornaram veganos, outros começaram a buscar proteínas em alimentos com baixo teor de gordura, como clara de ovo, frango, peito de peru e peixes magros. Carne vermelha, nunca!

Alguns atletas, acabaram convencidos de que comer bife é mais perigoso do que usar esteroides e anabolizantes.

Poucos alimentos são mais controversos do que a carne vermelha.

Nas últimas décadas, muitas pessoas começaram a culpá-la por todos os problemas alimentares.

Isso levou muitas pessoas a optar por cortá-la completamente de seus cardápios.

Mas uma atitude radical como essa dificilmente faz bem ao nosso corpo. Uma nova pesquisa mostra que a carne vermelha deve fazer parte da nossa dieta.

A carne vermelha contém todos os aminoácidos essenciais ao corpo humano, além de ser rica em ferro, zinco, e vitaminas do complexo B

A carne vermelha é rica em benefícios

A carne é rica em proteínas. Ele também fornece níveis extremamente altos de fosfato e aminoácidos não encontrados nas proteínas vegetais. Vegetarianos, desculpem, mas a proteína vegetal não é suficiente para aumentar o vigor físico e manter um bom desempenho muscular.

A carne vermelha é rica em mioglobina, que pode promover o transporte de oxigênio para as células musculares. Também pode ser usado como antidepressivo. Para que exercícios mais possam ser realizados, proporcionando uma mente mais clara e uma sensação de bem-estar.

O ácido linoléico conjugado, chamado CLA, é encontrado na carne, o que ajuda a perder peso, promove a queima de gordura e até aumenta a capacidade do corpo de resistir ao câncer.

A carne é rica em creatina. Este composto contendo nitrogênio ajuda a restaurar o ATP (trifosfato de adenosina) após o esforço muscular.

Sem ATP, várias repetições de exercícios ou qualquer tipo de atividade muscular são suficientes para sentir pouca energia. O uso de suplementos de creatina aumentou muito.

Mas para atingir um nível suficiente no sangue e nos tecidos, seu consumo diário deve ser de 30 gramas. Os efeitos colaterais geralmente são diarreia e problemas digestivos.

Para atingir esse nível sem causar grandes transtornos, recomendo combinar os suplementos com o consumo de carne, sendo esta última a melhor fonte de creatina que podemos usar.

Devido à alta concentração de fenilalanina, a carne vermelha é superior ao frango e peixe como alimento antidepressivo. Este aminoácido reduz ainda mais o apetite.

O consumo de carne vermelha ajuda a manter o açúcar no sangue mais estável, por isso pode reduzir as oscilações de humor, comer demais e ajudar a resistir à resistência à insulina.

É bom para prevenir e tratar diabetes. Além de ser rico em ferro, zinco e vitaminas B, principalmente a vitamina B12, essencial para o funcionamento das células nervosas humanas, também contém todos os aminoácidos essenciais para o corpo humano.

Portanto, a maioria das pessoas que não, comem qualquer alimento animal, especialmente carne vermelha, ficará deficiente nessa vitamina a longo prazo se não tomarem suplementos vitamínicos.

Não tire a carne vermelha da dieta

Para aqueles que se dão bem com uma dieta baseada em carboidratos, tornar-se vegetariano pode ser uma boa escolha. No entanto, manter o consumo de proteínas de alta qualidade é essencial. Nesse sentido, a carne vermelha é a melhor e mais segura fonte de proteína ao seu alcance.

O peixe é uma excelente fonte de proteína, hoje em dia, pelo contato com agrotóxicos, herbicidas, metais pesados, água contaminada com resíduos de drogas, anticoncepcionais, etc, apresentando até alterações no código genético.

Eles também mostram mudanças na proporção de ômega-3 e ômega-6, com um aumento significativo na segunda proporção, o que é benéfico para obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e outros problemas.

Mesmo as várias qualidades do frango não devem fazer parte da dieta, ou mesmo substituir a carne vermelha como fonte de vitaminas e proteínas.

Contraindicação da carne vermelha

No entanto, como todos os alimentos, você precisa ter cuidado ao comer carne vermelha.

Se cozido em excesso ou tiver uma origem duvidosa, pode liberar algumas substâncias nocivas à saúde (o benefício da carne será sempre o beneficiamento feito a partir de bovinos criados em pastagens naturais e orgânicas).

Além disso, as pessoas retêm mais ferro do que deveriam e precisam reduzir ou evitar comer carnes vermelhas ricas neste mineral.

As mesmas medidas devem ser tomadas quando se tem câncer de próstata, pois a carne estimula a produção de testosterona, que pode prejudicar a doença.

Portanto, não se sinta atraído por pesquisas que mostram que a carne vermelha é prejudicial à saúde, mas a vegetariana é benéfica.

A boa alimentação deve obedecer ao tipo de metabolismo do indivíduo, ou seja, proteínas, carboidratos ou ambos.

1 comentário
  1. […] nozes, avelãs e amêndoas. A sua principal vantagem é que cresce durante todo o ano, do Ano Novo ao Natal, sendo matéria-prima de diversos […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.