Alimentos naturais para desintoxicação do fígado

O termo desintoxicação tornou-se um adjetivo para diversos produtos e tratamentos de fitness que buscam perder peso.

No entanto, a desintoxicação do corpo é muito mais profunda e complicada, e você precisa entender como desintoxicar o fígado naturalmente.

O corpo é atormentado por toxinas excessivas produzidas pelo consumo de alimentos industrializados e processados.

Além do acúmulo de gordura, produtos mal ingeridos também podem causar inflamação e problemas no fígado e no sistema digestivo.

Para equilibrar a função dos órgãos, é importante comer regularmente alguns alimentos desintoxicantes, como algumas frutas e vegetais.

Sinais de que você pode estar com o fígado inflamado

A inflamação do fígado decorre de certas condições de saúde, a mais comum das quais é a hepatite.

Causadas por vírus, uso de drogas, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas, essas inflamações podem aparecer silenciosamente sem apresentar sintomas, aumentando o risco de lesões hepáticas graves, podendo levar à cirrose ou mesmo ao câncer de cirrose.

No Brasil, a hepatite mais comum é causada pelos vírus A, B e C. O primeiro tipo (A) é transmitido pelas fezes por via oral e está relacionado à falta de saneamento e contaminação dos alimentos.

As hepatites B e C são transmitidas através do contato com sangue contaminado (compartilhamento de seringas, etc.), sexo desprotegido (esta forma de transmissão é rara na hepatite C) e de mães infectadas durante a gravidez ou o parto.

Sintomas do fígado inflamado

A hepatite nem sempre mostra sintomas.

Em muitos casos, as pessoas podem tolerar a doença sem saber até que ela cause danos graves ao fígado.

Quando os sintomas aparecerem, veja abaixo:

  • Febre dor de cabeça perder peso náusea
  • Vômito dor de estômago
  • Pele e olhos amarelos Urina escura (cor Coca-Cola)
  • Fezes claras (cor de massa)
  • Tontura

A hepatite A é mais comum em crianças menores de 10 anos sendo autolimitada, ou seja, desaparece por conta própria.

Raramente evolui para formas graves e violentas.

No caso das hepatites B e C, a evolução de ambas as doenças produzirá inflamação crônica assintomática do fígado, que com o tempo destrói as células do fígado e leva à perda da função normal do órgão – esta condição é chamada endurecimento do fígado – até mesmo para o desenvolvimento de câncer de fígado.

Apenas nos estágios mais avançados de cirrose hepática e câncer de fígado, as pessoas notam sintomas como inchaço das pernas, abdômen aumentado (ascite) e olhos amarelados (icterícia).

Como diagnosticar

A hepatite pode ser diagnosticada por exames laboratoriais. No Sistema Único de Saúde (SUS), os testes rápidos dos tipos B e C são gratuitos e o método do teste é colher uma gota de sangue da ponta dos dedos. Os resultados saíram em apenas cinco minutos.

Como desintoxicar o fígado

Os alimentos com propriedades desintoxicantes são ricos em antioxidantes, que protegem as células e previnem o envelhecimento prematuro. Eles também contêm compostos antiinflamatórios naturais que ajudam a eliminar substâncias tóxicas pelos rins e intestinos e ajudam a desintoxicar o fígado.

Maçã

Em particular, as maçãs verdes são ricas em fibras solúveis, que podem remover impurezas pelo trato intestinal. Sua grande quantidade de antioxidantes (especialmente a florizina) pode até proteger o fígado dos ataques dos radicais livres. Por ser uma das frutas com mais resíduos de agrotóxicos, prefere os orgânicos.

Limão

Uma das receitas de desintoxicação mais clássicas e simples é beber água morna com limão com o estômago vazio pela manhã.

Tipos de doença hepática
Limpeza para o figiado

Limão estimula a liberação de enzimas digestivas de desintoxicação, promove a eliminação de impurezas do corpo e desintoxicação do fígado. Também é rico em vitamina C, importante para a síntese de glutationa.

Chá Verde

Esta é uma bebida sempre recomendada para entrar na dieta de quem quer emagrecer. Além disso, o chá-verde é rico em catequinas, antioxidantes que podem acelerar a atividade do fígado e aumentar a síntese de enzimas de desintoxicação.

Gengibre

Como ingrediente sempre presente no chá e no suco de frutas, é um tempero que não só ajuda a acelerar o metabolismo, mas também a metabolizar as toxinas e reduzir seus efeitos nocivos no fígado.

Alho

O alho é um condimento natural na maioria das cozinhas brasileiras e é um conhecido produto anti-resfriado e gripe. Este vegetal também é rico em enxofre, um mineral que ajuda a desintoxicar e combater as infecções bacterianas.

Aguá

Nada ajuda o corpo a se desintoxicar melhor do que a água. Portanto, não desista de beber cerca de dois litros de bebidas por dia e evite bebidas açucaradas industrializadas.

1 comentário
  1. […] suas raízes são utilizadas para o preparo de uma infusão com potencial antioxidante. Já suas folhas podem ser até mesmo utilizadas como um substituto do alface em […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.